Brasileiros acreditam que país não está preparado para desastres naturais

Desde o início do ano as fortes chuvas vem sendo destaque nos noticiários brasileiros, trazendo desespero, desabrigados e, infelizmente, mortos em vários locais como Belo Horizonte, São Paulo e Baixada Santista.  O Estado do Rio também sofreu no fim de semana.

Para 96% do público da rede de opinião pública, Quinto, o país não está preparado para tragédias como essa. Mais de 16.930 pessoas deram sua opinião na pergunta “O Brasil está preparado para desastres naturais?”, sendo a maioria, 59%, mulheres. A maioria também,  80% do público que opinou espontaneamente à pergunta, são jovens entre 18 e 24 anos. 
 
A juventude também foi a maioria a opinar quando o app questionou quem já tinha sofrido com desastres naturais. 75% dos votos foram negativos. Contudo, as regiões que mais sofreram com catástrofes desse tipo foram o Sudeste com 34% dos votos, seguido do Nordeste com 31%. 
 
Seja onde for, a solidariedade do povo brasileiro se alastra e atravessa quilômetros para fazer chegar doações e também ajuda braçal. Voluntários se unem para dar o primeiro passo de resgate da dignidade e da construção de uma vida nova. O Quinto também quis saber de seus usuários se eles seriam voluntários em casos de desastres e 84% dos usuários responderam que doariam seu tempo para ajudar quem precisa, e desta vez o sexo masculino foi mais expressivo, com 76% dos votos. 
 
Confiabilidade
 
O Quinto é uma rede gratuita criada para representar a opinião coletiva da sociedade por meio de votações e debates. Uma ferramenta de democracia, dentro de um ambiente seguro e saudável, para discussões que tem como valor principal o respeito. Através de perguntas divididas em 14 categorias, os usuários respondem “sim” ou não”, deixam comentários e podem se conectar com outras pessoas.
 
Bem aceito, principalmente entre os jovens, o Quinto tem perguntas com mais de 15, 20 mil votos, com resultados que apresentam pequena margem de erro, devido à grande amostragem. O índice de confiança, em amostragens como essas, pode atingir os  98%. Com os dados obtidos com as pesquisas, a rede quer apresentar a percepção da população sobre temas relevantes à sociedade e assim, provocar mudanças, construindo uma soberania popular que poderá ser ouvida por autoridades, poder público e instituições, para que a opinião coletiva seja de fato levada em consideração nas tomadas de decisão.
 
A plataforma tem atualmente mais de 40 mil usuários, todos reais. No momento do cadastro são feitas verificações e também solicitado o número de CPF, afastando assim perfis fakes que possam interferir os resultados.  O aplicativo está disponível para Android e IOS. Para baixá-lo, basta entrar na loja do seu celular e procurar a versão mais recente. www.oquinto.org ou @appquinto.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here