Como fazer uma viagem econômica

Resorts all inclusive
Resorts all inclusive

Viajar é uma das coisas mais prazerosas que existe, não é mesmo? Fazer as malas, pegar um avião, chegar naqueles resorts all inclusive, começar a passear e a experimentar a comida do lugar… É tudo muito gostoso mesmo.

Mas, muitas vezes o que a gente ganha de alegria e cultura, ganha também de dívidas. É muito comum o turista se empolgar, por exemplo, e acabar comprando serviços ou produtos para os quais não havia se programado inicialmente. Muitas vezes nem são coisas de que ele realmente tinha necessidade.

É por isso que, para viajar, é indispensável saber conter os gastos. Nós reunimos algumas das principais dicas para você que quer viajar, mas precisa economizar.

Planejar

Não há muito segredo não. Para fazer uma viagem com economia é imprescindível que haja um bom planejamento. Dicas básicas são estudar antes o lugar que você quer conhecer.

Ou seja, procure saber, com antecedência, quais os melhores roteiros, o que é mais legal de conhecer, o preço das atrações, como os museus e os monumentos. Isso te ajuda a calcular os gastos.

Seja o seu próprio agente de viagens

Se você pretende viajar e não quer gastar muito já na organização, uma boa dica é dispensar as agências de turismo, já que elas costumam onerar mais o turista pelo preparo da viagem.

Escolha os destinos

Há lugares que recebem muitos turistas o tempo todo e, por isso mesmo, acabam sendo destinos mais caros. Se o lugar que você está considerando visitar for muito caro, tente pensar em regiões próximas ou equivalentes.

Avalie as melhores épocas para a visitação. Se puder, opte pelas baixas temporadas, quando os preços são mais em conta.

Tendo definido o destino, pesquise quais os lugares que você quer conhecer. Museus, monumentos, praias, o que você quer fazer quando chegar lá? Coloque todos os possíveis gastos na ponta do lápis, o que inclui a comida e os deslocamentos. Isso vai impedir que você faça algumas dívidas desnecessárias.

Tente saber, entre as pessoas que já visitaram a região, o que fazer e onde comer, por exemplo. Como elas já tiveram a experiência podem avaliar melhor quais lugares compensam ou não.

Compre passagens com antecedência

Procure pelas melhores passagens. Se você comprar com antecedência a chance de pagar muito caro é bem menor. Passagens compradas de última hora costumam ser muito mais dispendiosas.

Verifique também se o seu cartão de créditos oferece plano de milhas. Com elas, geralmente, as passagens saem mais em conta.

Hospedagens

Quanto às hospedagens, opte pelo melhor custo/ benefício. Ou seja, se você não pretende ficar muito tempo dentro do hotel, pode escolher um lugar mais simples, que ofereça uma boa cama e um café da manhã reforçado, por exemplo.

Não se esqueça de pesquisar a reputação do lugar, considere a opinião de quem já esteve hospedado neste lugar. Mesmo que seja seu objetivo economizar, às vezes, é melhor gastar um pouco a mais e não ter nenhuma experiência desprazerosa.  

Hostel

Os hostels, também chamados de albergues, têm se popularizado entre os viajantes brasileiros. É possível tanto dividir dormitórios ou buscar por quartos individuais. Geralmente, são acomodações mais simples, com serviços 3 estrelas.

Para quem pretende turistar bastante durante o dia e só a noite retornar ao hotel, para  dormir, então o hostel se apresenta como a melhor opção já que é muito mais econômica.

Agências de viagem

Se você não tem tempo para planejar uma viagem nos mínimos detalhes, ou se você não quer se estressar muito, então, as agências de turismo são boas opções. Saiba, no entanto, que as opções de hospedagem e serviço ficam mais reduzidas e, geralmente, mais caras.

Mesmo assim, vale a pena se informar sobre os hotéis parceiros das agências e, dentre eles, procurar pelas instalações que têm menor custo por um maior benefício.

Também é válido procurar pelos pacotes de atrações mais em conta. Muitas vezes, é possível comprar aquele passeio de barco à parte, no local. Mas os serviços podem ser mais caros, então, procure saber com antecedência como é e pense se vale a pena correr o risco.

Tenha uma reserva financeira

Tendo calculado todos os gastos com passagens, hotel, traslado, lazer, comida, etc., separe uma quantia do seu orçamento para possíveis gastos extra.  

Se você está indo para uma região que oferece muitas opções para comprar roupas, por exemplo, e se você gosta de roupas, já deixe uma verba separada para esse fim. É muito melhor prever os possíveis gastos e já organizar as finanças do que sair comprando um monte de coisa e depois não ter como pagar.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here