Whey protein isolado ou concentrado? 

foto: Photopin
foto: Photopin

Antes e após os treinamentos, entre uma refeição e outra, ao acordar. Seja qual for a maneira escolhida para consumo, o fato é que o Whey Protein é o queridinho dos atletas entre os suplementos nutricionais.

Feito a partir do soro do leite de vaca, é fonte substancial de proteína e aliado perfeito de quem quer ganhar massa magra, queimar gordura, definir músculos e ficar forte – principais objetivos de quem se dedica a uma rotina de exercícios físicos.

Graças à sua alta capacidade nutritiva, o produto pode ser encontrado em diferentes tipos: Concentrado, Isolado, Hidrolisado, Blend e Whey Protein Vegano.

Tantas opções costumam gerar dúvidas em quem decide introduzi-lo à dieta alimentar. Cada uma têm funções bem definidas para os objetivos e para as fases do treino dos atletas.

Nesse texto, vamos destacar algumas características importantes dos tipos Concentrado e Isolado. Fique atento!

Processos de filtragem

Para entender os vários tipos de Whey Protein é importante tomar ciência dos diferentes processos de filtragem utilizados para a retirada de água e da maior parte das gorduras e carboidratos presentes no leite.

O Concentrado é feito com um processo simples, por isso seu nível de proteínas é um pouco menor do que os outros. Sua composição também tem mais gorduras, carboidratos e lactose.

Já o Isolado passa por uma filtragem mais complexa e elaborada. Isso faz com que sua concentração de proteínas seja maior, ao contrário dos outros elementos do leite, que se apresentam em bem menor quantidade. A lactose, por exemplo, praticamente não existe nele.

 Diferenças entre whey isolado e concentrado

São os níveis de concentração de cada elemento que definem a facilidade de digestão de cada Whey Protein. Pelas suas características, o Isolado é absorvido pelo corpo mais rapidamente do que o Concentrado. O primeiro, geralmente em 60 minutos; e o segundo, em até 90 minutos, em média.

Quem treina pesado, por exemplo, pode ingerir o isolado – que é mais puro e tem proteínas em partes pequenas-, logo após as séries de exercícios para uma absorção mais rápida e recuperação muscular eficiente.

O concentrado é boa opção para quem faz treinos longos. Ele demora para ser digerido e vai alimentando os músculos com aminoácidos durante os exercícios, sem deixar cair a energia. Ele também evita o catabolismo, ou seja, que o corpo gaste massa muscular nesse processo.

O Isolado ainda apresenta claras vantagens a quem deseja ganhar massa magra reduzindo peso e, claro, para quem é intolerante a lactose. Por outro lado, o concentrado é ideal para quem quer aliar ganho muscular a aumento de peso.

Outra possibilidade é combinar os vários tipos de Whey Protein para cada momento do treino e de acordo com o tipo físico de cada atleta. O importante é saber que se trata de um ótimo aliado para construir performance muscular e promover benefícios à saúde como um todo.

Com essas e outras possibilidades do Whey Protein e a orientação de um médico ou de um nutricionista, os atletas, os fisiculturistas e os outros amantes da cultura fitness podem chegar a grandes resultados.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here